terça-feira, setembro 26, 2006

Parábola zen

Amigos, como disse a Maísa quando encaminhou a mensagem: lição de casa! Pra pensar com a cabeça no travesseiro, rs....

A moça na beira do rio "Dois monges seguiam por uma estrada e acabaram chegando a um riacho de pouca profundidade. Lá, viram uma bela jovem, que hesitava em cruzar a água, com medo de molhar suas vestes. Um dos monges então pegou-a no colo, atravessou o pequeno rio, depositou a moça do outro lado e despediu-se dela com um sorriso. E então, os dois seguiram viagem. Depois de algum tempo, o outro monge, que permanecia calado e pensativo, falou: "Irmão, você acha certo ficar carregando aquela moça por aí?" O primeiro então respondeu: "Não sei... Mas se for, é um problema seu. Eu, por mim, já deixei a moça lá na margem... Você é que ainda a está carregando."

Nenhum comentário: