segunda-feira, novembro 27, 2006

mudanças

Nessa viagem pelos ensinamentos orientais, estive lendo também alguns textos do Osho, e me deparei com a descrição da carta "Mudança", do seu tarô, e a referência que buscava dias atrás quando comentei sobre nossas oscilações e as idas e vindas na matrix:

A única coisa que não muda no mundo é a própria mudança. A vida está mudando continuamente, evoluindo, morrendo e renascendo. Todos os opostos tem um papel nesse vasto esquema circular. Se você se agarrar à borda, poderá ficar tonto! Avance em direção ao centro do ciclone e relaxe, sabendo que este estado também passará. A vida segue repetindo-se despreocupadamente e - a menos que você se torne muito consciente - ela continuará se repetindo, como uma roda. Por isso é que os budistas chamam a isso de uma roda da vida e da morte - roda do tempo".

Foto: Saki Sakakibara - Getty Images

3 comentários:

Tiago disse...

gostei da quick aula básida de budismo. valeu pela visita. ah... e a moça também fuma... aí não dá pra parar. beijo.

Ana Filipa Silva disse...

Olá, Dani! Aqui estou eu, retribuindo a tua ida ao meu blog Onde a Lua Anda e aos Coisas Banais. Parabéns por ser uma pessoa interessada pelo interior, pela beleza da vida. Virei visitar mais vezes...

Dani disse...

Oi, Tiago! A cultura oriental tem muita coisa bacana pra gente aprender, harmonia entre as polaridades... Agora o seu caso eu já entendi, vc tem uma cúmplice, né?! heheh... Bom, se vcs se entendem tá maravilha! Mas ainda aconselho que sem essa fumacinha, você verá novas cores, cheiros, sabores...

Olá, Ana! Obrigada! Gostei da sua visita. Apareça mais vezes, será sempre bem-vinda...