quarta-feira, maio 13, 2009

Passa

Quando eu estiver sentindo dor, triste Apenas segure a minha mão, me abrace, se puder Quando eu estiver ansiosa, preocupada Me distraia, me conte uma bobagem qualquer, me faça rir Quando eu estiver com raiva ou desajeitada em lidar com o mundo Apenas silêncio, me deixe quietinha e ore por mim Porque tudo passa

3 comentários:

Palavras de Osho disse...

Lindo, carinhoso, gentil poema!

Roberta Blá disse...

adorei!
me sinto assim em diversos momentos...

Fabio Machado disse...

Passei a sexta assim... nesse dia me deixaram quietinho e no sábado me abraçaram e me fizeram rir ! Fiquei bom, fiquei bem, fiquei zen.