quarta-feira, agosto 12, 2009

registros

(Lisboa - Praça da Figueira)

e ela gostava de registrar momentos com luz
os encontros com o vento, com o velho mundo tão familiar,
com os flashs vindos do futuro.
mesmo que ninguém entendesse o que aquilo significava, ela sabia.

*

Nenhum comentário: