segunda-feira, fevereiro 01, 2010

dom

(Le Baiser de l'Hotel de Ville, Paris, 1950)

(Un Regard Oblique, 1948)

(Les tabliers de la rue de Rivoli, 1978)

(Les Coiffeuses au soleil, 1966)

(Le Remorqueur du Champ de Mars, 1943)

(Jacques Prevert, Paris, 1955)

(The Typist)

tem gente que sabe olhar o mundo.

robert doisneau era um absurdo.

.

5 comentários:

Mr. Mojo Risin' disse...

paris...1950...mas que beijo magnifico...!

Amanda Cecilia disse...

Olhar magnifico... e a idéia do seu post igualmente!

Sylvia Araujo disse...

Melhor que olhar, tem gente que sabe sentir o mundo...
Adorei o post!
Beijoca

Carolina de Castro disse...

Amo paris!
E as fotos então, nem se fala!
Lindas demais!

disse...

Meu, vc tem razão. Ele era um absurdo!