terça-feira, março 02, 2010

assusta?

(...) Faço aqui o papel de vossa válvula de escape e da vida massacrante da média burguesia. Bem sei que é assustador sair de si mesmo, mas tudo o que é novo assusta.

Clarice Lispector in “A hora da estrela”

3 comentários:

Simony Zárate disse...

não assusta.

Simony Zárate disse...

quem se assustaria em ter assim? (tem coisas que eu não entendo)

Mr. Mojo Risin' disse...

Und jedem Anfang wohnt ein Zauber inne, der uns beschützt und der uns hilft, zu leben. (Hermann Hesse)