quarta-feira, abril 07, 2010

se você não espera

toda a desesperança desaparece.

Disseram a Osho:
Não tenho uma pergunta - apenas um sentimento de desesperança. Não acredito em minhas perguntas, sinto que elas vêm de algo frágil e irreal. Como surge essa desesperança?

Você deve estar esperando demais; ela vem do excesso de esperança. Se você não espera, toda a desesperança desaparece. Se espera demais, a frustração é garantida. Se está querendo ter sucesso, fracassará com certeza. Tudo aquilo que você tenta com afinco exagerado produz o contrário. Você deve estar querendo com muito afinco concretizar alguma esperança, e é aí que surge a desesperança. Se quiser mesmo se livrar da desesperança - e todo mundo quer -, então livre-se da esperança. Abandone toda esperança e de repente verá que, com ela, a desesperança também desaparece.

Assim você alcançará a tranquilidade interior, na qual não há esperança - e tampouco desesperança. Estará simplesmente calmo, quieto e sereno - um reservatório profundo de energia, um lago fresco de energia. Mas, para isso, você precisa sacrificar a esperança. A questão mostra que você ainda está esperando... Vá um pouco mais fundo e mais longe - se estiver totalmente sem esperança, a desesperança desaparece.

Osho, em "A Música Mais Antiga do Universo"


mas o segredo todo está escondido aí.
esse "não esperar" não é o do pouco caso, do medíocre, do não se buscar o melhor.
pelo contrário, é dar o nosso melhor sempre e relaxar. é ter afinco sim, pois de outro modo estaremos agindo pela metade. apenas não o afinco exagerado.
o ponto é que fazer o nosso melhor se encerra em si mesmo.



Um comentário:

Simony Zárate disse...

ah sim... vou anotar.