terça-feira, junho 29, 2010

tava aqui pensando

"No amor não escolhemos certo ou errado.
Pois nem sequer escolhemos."

Nelson Rodrigues

até onde eu me lembro, acho que realmente não escolhi.
quando me dava conta, já era, lá estava eu.

9 comentários:

Roberto Montechiari Werneck disse...

Ótimo. Mas mesmo assim amamos o mito da liberdade.

Renata Bezerra disse...

Perfeito. Comigo também foi assim. Até hoje.

Adorei teu blog, Dani.

Beijo.

Dani disse...

pois é, Roberto, a gente adora achar que está sempre no controle, não? rs

obrigada, Rê! seja muito bem-vinda! :)
beijo

André Auke disse...

ele vem assim de mansinho, sempre nós pega...

Dani disse...

e como seria bom estar no controle, metade das burradas que fazemos nem chegariam a acontecer...
beijão, Dani ;*

t. disse...

Pensamos que guiamos, quando na verdade, estamos sendo guiados. É sempre assim.. :)

Shirlei disse...

amor, amar...O coisinha mais descontrolada e encantadora...

Jorge Sader Filho disse...

Costuma ser assim, Dani. Quando a gente menos espera, estamos presos.
Com o aval de Nelson Rodrigues.
Construiu um blog bem tratado, limpo, criativo. Valeu a pena.
E a dona é uma linda mulher!

Carinho,
Jorge

Dani disse...

ah, e se pega, André!

Dani, mas nem mesmo o que a gente deve e o que não deve controlar dá pra saber muito bem. o jeito é irmos treinando...
beijo!

e não é, t.?

certíssima, Dona Shirlei!

ah, quando menos espera, Jorge! muito obrigada... seja muito bem-vindo!