terça-feira, junho 05, 2012

você.

“Não sou capaz. Nunca serei.”
“Desista então.”
“Por que não me mostra como se faz?”
“Porque não somos iguais. Lola, eu não posso te ensinar a ser você mesma. [...] Dance para você, não para eles. [...] Veja toda a energia que você está desperdiçando. Pegue essa energia e use-a. Use tudo o que está vivendo. Não fuja dos seus sentimentos. [...] Use o seu corpo. Seja o seu próprio instrumento. Mostre-me o seu interior.”

Ismahan para Lola, no filme "Whatever Lola Wants"

via Carambolas Azuis

Nenhum comentário: