domingo, setembro 30, 2012

de quando tudo se mistura

"a sombra da pessoa ferida adota inconscientemente os traços de quem a feriu."

é, a gente às vezes faz uma boa bagunça com os sentimentos.

2 comentários:

Bárbara disse...

Não sei se cabe, mas, comigo é assim: quase sempre passo a gostar das coisas das quais a pessoa que se foi gostava.

Acho estranho e tento lutar contra, mas quando me pego já estou ouvindo alguma banda da qual ela era fã.

Dani disse...

Acho que isso para casos de "enamorados" talvez seja um clássico. Já aconteceu comigo também. No começo é estranho mesmo, mas depois de um tempo é algo que eu gosto. Para mim os amores são sempre amores, fazem parte da nossa história, tenho ótimas lembranças de coisas assim.