terça-feira, janeiro 15, 2013

prestar atenção

"Quando a voz interna que fala por meio de sonhos e projetos é sufocada por desejos e suas subsequentes desilusões, perdem-se a ingenuidade e o élan que são imprescindíveis. Para onde quer que se corra ou se olhe, lá está o desejo. E não bastará saciá-lo no momento, porque o desejo está sempre mais preocupado com a preservação de sua potência do que com a própria experiência de usufruir sua realização".


Nilton Bonder,
no livro "O Sagrado"

Nenhum comentário: